A busca do destino

Bom dia, eu quero uma passagem. Sim, senhora. Para onde? Importa? Ahm, sim… temos estes destinos que estão na placa. Verdade, vi agora, mas não sei se o meu está em algum deles. Sinto muito, então não posso ajudar, melhor ver nas outras empresas, a gente só atende cidades do litoral. Entendi, que pena, pensei que encontraria meu destino aqui. Acho que a senhora tá procurando outra coisa… Pode até ser, mas não sei onde encontrar isso, então resolvi vir no óbvio. Faz sentido, senhora, mas como pode ver, o óbvio nem sempre tem a resposta, costuma ser o óbvio mesmo, o normal, o que todo mundo procura. Entendi, acho que preciso pensar mais sobre o meu destino. Melhor, mas também não tem problema em comprar uma passagem pro litoral enquanto resolve pra onde ir definitivamente. Definitivamente? Acho que não quero nada definitivo. Então, pronto. Dá pra ir procurando, experimentando e pensando, né? Talvez. Quero uma de ida pra essa cidade aqui pro dia 17 e volta pro dia 19. R$ 45,50. Obrigada. Boa viagem, volte sempre.