Do lado de fora

Que lugar é esse de onde você não consegue sair? Já tentou abrir a porta, já olhou pela janela, o tempo já passou e você não sabe onde está. Isso te causa desespero? Dói saber quem foi que te colocou no abismo que até então você não sabia que tinha no coração? Quem te alcança aí no fundo? Eu te ouço, mas você me ouve? Vem, segura minha mão. Você quer? Que lugar é esse onde você jura estar de passagem. É seu? É meu? Já não é nosso. Não existe nós em quem é todo eu. E sem eu não há nós que se possa construir, mas sem nós não há nada que eu queira viver. Então, sai. Me encontra do lado de fora do ego. Você quer? Te vejo do lado de fora do medo, do trauma, do paradoxo do querer ser. Estou esperando.