Espaço

ants

As formigas saíam do pequeno buraco no chão e se espalhavam pelo pátio em busca de alimento. Com pequenos toques, se comunicavam, transmitindo conhecimento. Todavia, o mais incrível era o que estava debaixo do cimento. Um intrincado sistema de túneis fortes e bem-definidos, conectando-se a um reino subterrâneo gigantesco, digno da inveja dos maiores arquitetos e engenheiros do mundo. Uma obra tão grandiosa que poderia ser entendida como tecnologia extraterrestre. Porém, um líquido espesso se mesclou à terra que pavimentava o caminho até o núcleo daquele milagre arquitetônico, e o que condenou todas as formigas à morte foi a glória de alguém que derrubou açúcar na mesa de café da manhã.