Judas.

São os erros que contam?;
um-dois-três-infinito:
contei e jurei,
mas esqueci do seu pacto:
ajoelhei
e esperei por redenção;
pecados não existem,
então você foi uma ilusão;
fui crucificado no amor
e abandonado na escuridão.
dores são reais;
espiral de sentimento,
espinhos letais:
de nada serve pôr unguento
em feridas desleais.
O sangue suja o pano
e escorre das chagas:
o amor liberta pragas:
o amor é o engano.