IMG_0019

Ele olhou para os prédios. Se fossem montanhas, poderia caminhar por elas. Porém, sendo prédios, apenas podia conseguir uma entrevista de emprego que o permitisse subir até o décimo oitavo andar e, talvez, nem ser contratado. Ele olhou para o rio. Se fosse um rio de verdade, poderia nadar nele, pescar nele, beber dele. Porém, sendo um empecilho para os carros, apenas podia sentir o cheiro fétido que aquele bueiro exalava. Ele olhou para seu emprego. Se fosse um dom, poderia ser feliz. Porém, sendo resultado das circunstâncias, só podia ser insatisfeito naquele ambiente que o sugava para produzir enganação. Concluiu que seus olhos precisavam ver a realidade que sua alma clamava e parar de desejar que o concreto se transformasse em terra e grama, a poluição em água cristalina e o dinheiro em poesia.